Carminho

carminho-post

Desde que Amália nos deixou e se passou para o Além, surgiu uma onda de gente nova a cantar o Fado com muita categoria, destaco para meu gosto, Ana Moura, Ricardo Ribeiro, o irmão do meio de Camané o Helder Moutinho, e esta preciosidade de Fadista que é a Carminho. Tão nova e já com tanta raça na abordagem do fado,fado. Filha de uma grande Senhora do Fado que é Teresa Siqueira, decerto daí lhe vem a intuição, mas com a distinta particularidade de não imitar ninguém, nem sequer a própria mãe. Vos deixo aí num vídeo que com a devida vénia o trancrevo e desde já os meus agradecimentos à MARIAJOANA77, pela minha ousadia de o trazer aqui, que pelo que dá a perceber, foi numa noitada de amigos com uma sardinhada pelo meio. Pois oiçam a Carminho nesse “Raúl Pinto” que tem muita categoria interpretativa. Silêncio senhores, que se canta o Fado.

Anúncios

8 thoughts on “Carminho

  1. Amigo Américo, concordo contigo que essa é uma fadista grande, e esse Raúl Pinto, e cantado extraodinariamente. Eu pus também no blog, não pude resistir….. Eu a vi cantar em Alfama há três anos e fiquei espantado e feliz de ter a sorte de ouvi-la esse dia. Esse abraço. Jaume

    • Jaume, tens razão. esta Carminho é um caso muito sério no Fado, está já aí a chegar seu primeiro CD, que já tardava. Um abraço e obrigado a ti a esse amigo de Lisboa José Lemos, que escreve coisas bonitas que agradeço. Amigo venha sempre e Viva o Fado. Américo

  2. Bravo pelo Post e bravo pela Carminho, eu também concordo consigo, Amália com o seu passamento fêz brotar gente jovem que a querem perpectuar. Esta Carminho, que eu também vi ao vivo na Mesa dos Frades – Alfama, por ser tão jovem, deixa uma pessoa siderado, pela maneira como ela transmite o fado que sente e canta. Vou passar a visitar vosso Blog e desde já os meus mais sinceros cumprimentos ao autor ou autores. José Lemos – Lisboa

  3. Há coisas interessantes! Ainda hoje de manhã, escrevendo ao Anton, lhe falava da Carminho, do quanto gosto de a ouvir cantar e a referia com um “caso” no Fado… e passo agora por aqui e deparo-me com este post acerca dela! Vou já dar o link ao Anton para vir até aqui conhecer a Carminho.
    Beijinho para si, amigo Américo
    OP

    • Amíga Ofélia, sempre amiga e simpática, pois que bom que goste da Carminho, penso que esta menina irá longe, e dou comigo a pensar, afinal o Fado não morre, pois temos aí a prova. Obrigado pelo seu amigo Anton. E viva o FadoCravo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s