Arte sobre Plumas

Como fazer arte em pormenores tão pequenos. Obrigado a quem me enviou esta apresentação, que eu apenas converti em video. Parabens aos autores
**         **      **     **     **     **     **    **     **    **

Parabéns Fernando

dscf00903
 Nosso Amigo Fernando, cansou-se da vida no Mar, chegou a bom porto e casou, com uma beleza natural de Cuba, vive em Santa Cruz de Tenerife, onde trabalha e é feliz, apenas com enorme saudade do Fado. Este senhor creiam é um grande Fadistas, cantou muitas vezes em nossa casa, e era um prazer tê-lo por colega e companheiro.  A ele e à esposa, os nossos desejos de felicidades e sempre aquele abraço, que alicerçado à saudade no fado mais razão tem de Sentimento. Américo

Amália / Sempre uma Saudade

amalia691

Penso que foi o último disco editado em Vida de Amália – com gravações esquecidas em estudio e que depois de uma recolha a Valentim de Carvalho editou o CD “Segredo” O primeiro de uma lista de 12 é o “Medo” que editei em vídeo. É sempre com muita emoção que recordo Amália e toda a mística que a envolvia mais a Saudade que em nós deixou.

É Triste…mas é Verdade!

Chegou hoje à minha caixa de Correio, e não resisto a transcreve-lo
***************************

Está o máximo!!!

Assunto: Por favor dêem-me sugestões – todos para a cadeia…..

Nós somos é pobres de espírito, carago…

Meus amigos,
O que vos vou contar é verdade.

Estava há dias a falar com um amigo meu Nova-iorquino e conhece bem
Portugal, o Eddie Habbaz que alguuns de vós conheceu no iate clube do
Porto, chegou a fazer umas regatas em Leixões no Red Falcon do João
Andrade.
Dizia-lhe eu à boa maneira portuguesa de “coitadinhos” : – Sabes
Eddie, nós os portugueses somos pobres …
Esta foi a sua resposta:
Manuel, como podes tu dizer que sois pobres, quando sois capaz de
pagar m litro de gasolina mais do triplo do que pago eu?

Quando vos dais ao luxo de pagar tarifas de electricidade, de telefone
móvel 80 % mais caras do que nos custam a nós nos EUA?

Como podes tu dizer que sois pobres quando pagais comissões bancárias
por serviços bancários e cartas de crédito ao triplo que nos custam
nos EUA, ou quando podem pagar por um carro que a mim me custa 12.000
dólares o equivalente 20.000? Podem dar 8.000 dólares de presente ao
vosso governo e nós não.

Não te entendo.

Nós é que somos pobres: por exemplo em New York o Governo Estatal,
tendo em conta a precária situação financeira dos seus habitantes
cobra somente 2 % de IVA, mais 4% que é o imposto Federal, isto é 6%,
nada comparado com os 20% dos ricos que vivem em Portugal. E contentes
com estes 20% pagais ainda impostos municipais.

Além disso, são vocês que têm “ impostos de luxo” como são os impostos
na gasolina e gás, álcool, cigarros, cerveja, vinhos etc, que faz com
que esses produtos cheguem em certos casos até certos a 300 % do valor
original., e outros como imposto sobre a renda, impostos nos salários,
impostos sobre automóveis novos, sobre bens pessoais, sobre bens das
empresas, de circulação automóvel.

Um Banco privado vai à falência e vocês que não têm nada com isso
pagam, outro, uma espécie de casino, o vosso Banco Privado quebra, e
vocês protegem-no com o dinheiro que enviam para o Estado.

Sois pobres onde Manuel?

Um país que é capaz de cobrar o Imposto sobre Ganhos por adiantado e
Bens pessoais mediante retenções, necessariamente tem de nadar na
abundância, porque considera que os negócios da nação e de todos os
seus habitantes sempre terão ganhos apesar dos assaltos, do saque
fiscal, da corrupção dos seus governantes e autarcas. Um país capaz de
pagar salários irreais aos seus funcionários de estado e de Empresas
ligadas ao Estado.

Deixa-te de merdas Manuel, sois pobres onde?

Os pobres somos nós, os que vivemos nos USA e que não pagamos impostos
sobre a renda se ganhamos menos de 3000 dólares ao mês por pessoas,
isto é mais ou menos os vossos 2000 € . Vocês podem pagar impostos do
lixo, sobre o consumo da água, do gás e electricidade. Aí pagam
segurança privada nos Bancos, urbanizações, municipais, enquanto que
nós como somos pobres nos conformamos com a segurança pública.

Vocês enviam os filhos para colégios privados, enquanto nós aqui nos
EUA as escolas públicas emprestam os livros aos nossos filhos prevendo
que não os podemos comprar.

Vocês não são pobres, gastam é muito mal o vosso dinheiro.

Que vou responder ao Eddie?

Por favor dêem-me sugestões.