Relembrando Luís Piçarra

   Há tempos tinha prometido ao meu amigo Valentim Casimiro, que havia de voltar a Luís Piçarra. Pois aqui está nesta “Canção a Lisboa” que com pena minha não consigo depois de tanta pesquisa de saber os autores. Se alguém amigo sabe, agradeço a ajuda e eu logo editarei seus nomes. Um abraço ao Casimiro e a todos em geral. Américo

Anúncios

António Pelarigo / Um Grande Fadista

  Continuando a minha caminhada pelo fado antigo e tradicional, trago hoje um Fadista que gostava de ver realçado o valor que merece sua voz e seu porte fadista. António Pelarígo, senhor de um castiço e melodioso cantar, retirado no seu Ribatejo, onde canta para os amigos, e vizinhos, ficando em nós a pena sincera, por não o vermos no lugar que o Fado devia ter para ele. Meus senhores, silêncio, canta o António Pelarigo.Um abraço para ele e a todos também. Américo

António Rocha / Três Degraus uma Cortina

   Meu Amigo Jaume de Barcelona, editou em tempos no seu Blog ” defado” um post sobre o António Rocha e com versos deste fado, que me lembra ouvi-lo cantado pelas ruas, em criança, sou natural de Alfama Lisboa. Apeteceu-me ao visitar o blog do Jaume, fazer este vídeo, procurei nos meus arquivos encontrei-o interpretado pelo António Rocha. Aqui está com um abraço do Américo

Florência / O Xaile de minha Mãe

  

  De várias versões deste fado, adoro esta interpretação de Florência,  Grande Senhora do Fado, e da cidade do Porto, onde sempre teve noites de glória, com a sua mestria de bem cantar a canção Nacional, como é tradição chamar-se ao Fado. Um abraço a todos Américo