Fernanda Maria / Isto é Fado

Grande interpretação de Fernanda Maria!  Neste tema,  ela percorre no mesmo fado, músicas de cinco Clássicos do chamado fado Castiço, com cinco estilos diferentes e onde ela se sentia e sente tão bem. Bom Natal a todos e um abraço, e á grande Fernanda Maria um beijinho e dizer-lhe quanto lhe queremos,como ainda há poucos dias os próprios fadistas e  colegas lhe fizeram uma festa de homenagem que ela tão bem merecia. Bem Haja a Fernanda Maria. Américo

Calvário / in “O Gaiato”

 

Calvário, foi a última Obra criada pelo Padre Américo, obra para doentes incuráveis e para aqueles mais desprotegidos da Sociedade. Nosso Padre Baptista foi, e é desde há mais de cinquenta anos seu timoneiro. Esta Obra só com olhos de fé se pode ver e constatar. No nosso jornal “O Gaiato desta quinzena vem este artigo do Padre Baptista que quero partilhar convosco. Um abraço. Américo

 

 

 

Amália / “Com que Voz” faz agora 40 anos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Meu amigo António Moreira sempre atento e sempre empenhado em venerar a memória de Amália,  editou no YouTube, no seu canal Amália Rodrigues, este vídeo que passo com todo o gosto a trancrever, com um abraço de parabéns pelo seu belíssimo trabalho.

Hoje Foi posto a venda uma edição de luxo comemorativa do 40º aniversário da publicação do famoso álbum de Amália “Com que voz”. Edição com som remasterizado e com um disco extra de versões alternativas ainda inéditas na sua publicação até ao dia de hoje.Inclui ainda um pequeno livro que é muito precioso em informações sobre a feitura destas gravações. Ilustrei um dos temas do disco extra de versões inéditas (Havemos de ir a Viana” com orquestra dirigida pelo maestro Jorge Costa Pinto, gravada em 4 de Maio de 1964. Um verdadeiro tesouro Amaliano que recomendo vivamente a todos os amalianos a comprarem. Pois este álbum surge pela 1ª vez com todo o seu explendor e é seguramente o melhor álbum de todos os tempos da música portuguesa e o melhor de Amália. Uma obra-prima!!!