Francisco Pessoa / Chora Guitarra que és Louca

     De novo vos trago a saudade de uma voz, retirada publicamente, mas aqueles que gostamos de Fado sempre a ouvimos e recordamos com enorme gosto e prazer. Francisco Pessoa, canta: “Chora Guitarra que és Louca” outro poema de Manuel de Andrade (que já não está entre nós) e na música do fado Corrido. Um abraço. Américo

Minha Homenagem a José Fernades Castro

Dedico este fado a José Fernandes Castro, fadista e poeta, com um trabalho notável e ainda com um blog “Fados do Fado” que é um meio extraordinário de dignificação do Fado. Eu próprio já me servi muito dele para os meus “Pequenos Nadas” que são os meus vídeos, pois o Zé Castro, amante do Fado, tem a dedicação em publicar as letras de imensos fados, o que é bom para todos. Ele também faz poesia e este “Meus Fados por Ti” que gostei muito e aqui está vestido com imagens que procuram ilustrar o poema do Zé. Para ele o agradecimento sincero e um abraço. Américo