Américo / Poema de Mário Rainho

Com montagem gráfica de Filomena Franco, a quem agradeço o feliz trabalho, aqui canto um poema de Mário Rainho com música do Fado Versículo de Alfredo Marceneiro. Saudações fadistas, e bjinho para a Mena. Américo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.