Quanta verdade há neste texto de Agostinho Maciel

No meu país …….
No meu país ouço (sempre os mesmos) falar mais em greves que em trabalho.
No meu país só dois sindicatos têm voz na comunicação social, a CGTP e a UGT. A todos os outros calam a voz.
No meu país os grevistas (com ou sem razão) são sempre os mesmos, e até são os que auferem melhores salários e têm melhores condições de vida.
No meu país quase todas as greves são às sextas-feiras.
No meu país ninguém dá a mínima importância aos trabalhadores que ganham o ordenado mínimo nacional, sendo olhados como sendo a ralé.
No meu país os velhos são desprezados.
No meu país não há licenciados, só há senhores doutores.
No meu país as pessoas são afáveis e boas.
No meu país há muito sol durante todo o ano.
No meu país há muitos gatunos a gerir a causa/coisa pública, que fazem desfalques sucessivos que o pacato povo repõe.
No meu país há ladrões legitimados pelo poder que entram pobres nos cargos e saem dos mesmos com fortunas de muitos milhões sem que haja quem se preocupe com a proveniência da tanta riqueza.
No meu país é crime (e bem) maltratar os animais e não é crime expor os velhos ao abandono.
No meu país o crime continua a compensar.
Apesar de tudo, continuo a amar Portugal e gosto muito de cá viver.
Ai meu país, meu país……
Agostinho Maciel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.