Tony de Matos / Anabela de Luanda

     

Dedicado ao meu grande amigo António Moreira! Já faz dois anos que lhe prometi este vídeo, mas sinceramente, esqueci-me e não fora há pouco no meio de conversas ele lembrar-me, lá continuaria esquecido, sem intenção de minha parte, apenas a cabeça ás vezes anda numa fona e não dá mais! kkkkkkkkkk.  Pois então para ele,(no fim do vídeo tem uma dedicatória ilustrada ) com um abraço sincero. Tony de Matos, em Anabela de Luanda. Agradeço a quem souber e que tenha a gentileza de me informar os autores deste tema, pois tanto pesquisei e nada encontrei. Américo
 
Anúncios

Amália / Nome de Rua

  Já há tempo que não fazia nada de Amália. Há pouco estiveram em nossa casa duas grandes e queridas amigas da nossa família, e a elas lhes encanta este Fado, e aliás uma, Berta Iglésias, canta-o muito bem, e como dos 44 vídeos que já editei de Amália este fado não o tinha ainda feito o vídeo, aí vai com a dedicatória ás Manas nossas amigas. Letra do Poeta David Mourão Ferreira, música de Alain Oulman título ” Nome de Rua” que Amália imortalizou. Com um bjinho ás “Las Marquezas” – Américo

António Mourão – Aquilo que Eu canto é Fado

De novo com António Mourão, enorme fadista retirado e que hoje relembro num fado canção do maestro Ferrer Trindade com letra do próprio Mourão. Com votos para ele de melhor saúde(encontra-se retirado na Casa do Artista – Lisboa) este pequeno trabalho com pequeno excerto de filme de LAF 1389 a quem agradeço.Um abraço. Américo

Pedro Moutinho / Mais um Dia

    Entre a gente jovem no Fado e a cantar muito bem, está o Pedro Moutinho, este “Meia Noite” do seu CD “Um copo de Sol” é prova disso. Letra de Filipe Pinto. Um abraço para ele e aqui vai para todos, o 6º vídeo que edito deste Fadista. Américo

Teresa Tarouca – Fado Primavera

Volto a Teresa Tarouca com o fado que talvez tenha sido o seu maior êxito dos vários que teve. Saudade, Silencio e Sombra, com letra de Nuno Lorena e música de Pedro Rodrigues (Fado Primavera). Sempre um enorme prazer escutar Teresa Tarouca, para ela este meu pequenino trabalho. Para todos um abraço. Américo