Hermínia Silva – Uma Saudade

Como sabe bem recordar Hermínia Silva. Figura cimeira no seu tempo e grande ícone do Fado. Aqui num fado – canção dessa dupla de autores de grandes sucessos que foram Manuel Paião e Eduardo Damas. Um abraço . Américo

 

Anúncios

João Chora / Lisboa e Ribatejo

  – Meu segundo vídeo que edito de João Chora, fadista Ribatejano que é sempre um prazer escutar, naquela voz muito dele, cálida, bem timbrada e fadista. Penso que de tanto vídeo que tenho editado, ser a primeira vez que trago os dois autores deste fado. José Luís Nobre Costa e Diamantina. Um abraço a todos. Américo

 

Um amigo

 

Com Gondarém ao fundo, eu mais meu amigo António Gonzalez Serrano, sobre o perfil de sua mulher Dª Rosa, grande amiga de toda a nossa família, esta foto em  uma varanda do Kalunga, antecedeu o jantar e a  Noite de Fados.

Francisco Pessoa / Fado do meu Fado

    De novo a recordar Francisco Pessoa, a quem agradeço publicamente o informar-me que o autor deste poema, que ele aqui canta, é de Manuel de Andrade, infelizmente já falecido, pois eu depois de tantas pesquisas nada encontrava. Sabe sempre bem ouvir a voz deste enorme Fadista, que se retirou tão cedo e que deixou saudades naqueles que amamos o Fado. Um abraço. Américo

Kátia Guerreiro / Há Festa na Mouraria

Foi um pedido do meu grande Amigo espanhol António González Serrano. Este meu Amigo, é das pessoas que conheço que mais gosta de fado, tem para cima de 7 mil gravações, conhece tudo, onde houver actuação daqueles que ele mais gosta aí está António com sua esposa a percorrer centenas de klm. para assistir aos concertos de vários Fadistas, a minha casa vem muitas vezes. Estive com minha mulher e eles em Braga com Ricardo Ribeiro e agora brevemente estaremos os 4 quando Ana Moura vier em Abril ao Coliseu do Porto. Ele vive na Corunha e para ele não há distancias, dia 19 deste mês vai á Figueira da Foz, vai lá estar Kátia Guerreiro. Para ele então este vídeo, pois ele adora ouvir a Kátia , neste tema popularizado por Amália de saudosa memória. Um abraço Américo